06 janeiro 2006

A noção de necessidade

Ontem falavamos sobre a noção que temos de necessidade. A verdade é que à medida que a quantidade de dinheiro cresce, também cresce a necessidade que sentimos dele. Por exemplo, Portugal é um dos países mais ricos do mundo. Está no top 30. Mas se ouvirmos os portugueses falarem, parece que somos o povo mais pobre à face da terra. Uma pessoa que não consegue ter uma televisão acha-se pobre aqui em Portugal, mas se estivesse num dos países mais pobres do mundo, essa pessoa com as mesmas condições, iria considerar-se rica.

As necessidades que sentimos são relativas à noção que temos do mundo à nossa volta.

1 comentário:

Brian disse...

Uau Nuno! Obg por esclarecer isso! Eu ainda n tenho viajado a Portugual, mas sim, ouço reclamações de portugueses que o país é muito pobre. Acho que temos a tendência de comparar nossa existência com a dos lugares ao nosso redor.

Aqui muitas pessoas olham a minha cidade (cidade pequena do interior do Texas), dizem que é muito feia e pobre. Sim, comparada com Nova Iorque, Chicago, Houston, Dallas, e outras cidades grandes, tem menos a oferecer, mas se olharmos para a maioria do mundo ao nosso redor, "iriamos nos considerar ricos."

E claro, em Cristo, temos riquezas imcomparáveis!