24 maio 2005

Amai-vos uns aos outros como Cristo vos amou

Amar é uma coisa muito séria, principalmente se tivermos em atenção a forma como Cristo nos amou, que deu a sua vida por nós. E depois diz-nos para nos amarmos uns aos outros como ele nos amou. Eu diria que isso é colocar a fasquia bastante elevada.

Se eu considerar as pessoas que conheço, os meus amigos, a minha família, até que ponto eu daria a minha vida por eles? Por pessoas da minha família certamente seria mais fácil. Mas será que daria a vida por um amigo? Daria literalmente a vida por um amigo? Não sei se seria capaz se tal oportunidade surgisse.

Por outro lado, também podemos dar a vida uns pelos outros no dia a dia, no sentido de ajudar outros nas suas necessidades. Isso requer gastar tempo e dinheiro na vida de quem precisa. Não só na vida dos nossos amigos e dos nossos familiares, mas na de todos aqueles que se atravessam no nosso caminho. Não é fácil, mas é necessário.

Na prática, isso pode ir desde tornar-se dador de sangue ou de medula, até ajudar o nosso vizinho a pintar a casa. E existem muito mais formas de o fazer. Por favor, coloquem nos comentários sugestões de coisas que se podem fazer. Na prática.

1 comentário:

marco disse...

Ninguém ainda sugeriu nada, não é?

Bem, penso que todos conhecemos inúmeras maneiras práticas de exercitar o "amai-vos uns aos outros", daí a ausência de comentários sobre isto.