24 maio 2005

Jesus lavou os pés dos seus discípulos

E depois de lavar os pés, disse: "Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também." (João 13:12-15)

Que lição de liderança. Ser líder é primeiro que tudo servir. Que contraste com os jogos de poder que acontecem nos dias de hoje. A liderança da igreja segue cada vez mais o modelo empresarial, e não o modelo de Cristo. Algo tem de ser radicalmente mudado, temos de recuperar o modelo de liderança de Cristo. Ser líder não é ter fama, dinheiro, carros. Ser líder é ser um servo. É ajudar todos a chegarem-se mais perto de Cristo, e a desempenharem a sua missão. É não ter medo de ser substituído mas alegrar-se quando alguém consegue ir mais além.

"Entendeis o que vos tenho feito?"

2 comentários:

Paula do Ó Barreto disse...

É interessante!! Tenho pensado acerca deste acontecimento histórico. Jesus que se humilha, que assume um papel de escravo. Pois eram os escravos que lavavam os pés aos seus senhores.
Embora Jesus, outrora tenha revelado uma posição de autoridade, de profeta, de rabi (mestre), onde multidões se reuniam para o ouvir. Quando foi recebido com alegria pelo povo, quando chegou a Jerusalém, (fama, reconhecimento, poder, status). E agora de uma forma repentina, posso dizer até mesmo subversiva, toma a posição contrária do status, da fama, do título. Toma a posição de escravo. Que contradição, que loucura, como é possível uma pessoa depois de tudo o que fez, disse e ensinou tomar esta atitude?
Jesus é fantástico, por isso eu estou apaixonada por ele. Quem é que eu conheço hoje com tal fama e posição social que se humilhe a este ponto?
Talvez lavar os pés na minha sociedade não seja assim um comportamento tão humilhante, talvez deveria contextualizar um bocado a coisa. Uhm! Deixa-me pensar...
Ok, imagino como seria se Jesus fosse a minha casa e começasse a lavar a casa de banho? Ou então a lavar a roupa? Por favor?! Isso era impensável! O meu Deus, não. Ele não faz essas "cenas", Ele é Santo.
Pois é, mas parece que foi isso mesmo que ele fez. SERVIU
Tens toda a razão Nuno, este é o modelo de liderança de Cristo. E isto é um mistério, o Deus que desce na escala de promoção humana. Ele mesmo pergunta: "Vocês compreendem o que eu fiz?" - Compreendemos mesmo? Eu compreendo?

marco disse...

Não, não compreendemos, ou pelo menos compreendemos muito, muito pouco e ainde temos um longo caminho a percorrer.