23 maio 2005

Católicos e Anglicanos aproximam-se

Conforme visto aqui, os Anglicanos chegaram a acordo sobre a figura de Maria. A parte do artigo que mais me saltou à vista foi este: "Sobre o dogma da Assunção, as duas Igrejas entendem que 'o ensinamento de que Deus levou a Virgem Maria na plenitude da sua pessoa para a Sua glória é consoante as Escrituras e pode, de facto, ser entendido à luz das Escrituras'."

O que eu gostaria realmente que o artigo dissesse é, se realmente a assunção de Maria (ou seja, que Maria ascendeu ao céu sem experimentar a morte) é "consoante as Escrituras", onde é que isso está escrito? Por favor, digam-me. É exactamente este o tipo de atitude que está errado. O tipo de atitude de "isto é demasiado complexo para o povo interpretar por si próprio, por isso nem vale a pena dizer onde está escrito." Mas as Escrituras dizem, na realidade: "Ora, estes [os judeus de Beréia] eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim." (Actos 17:11)

Se as doutrinas de Maria que o catolicismo defende são ou não "consoante as Escrituras" é algo que pode ficar para um outro artigo. O que realmente está a incomodar-me hoje é a atitude de muitos líderes de simplesmente dizerem o que deve ser feito e acreditado, sem que as pessoas façam parte de tudo isso. Pelos vistos é suposto eu aceitar tudo o que dizem desde que os líderes digam que é "consoante as Escrituras".

1 comentário:

marco disse...

O que acho curioso no artigo para além de ausência da tal referência bíblica que mencionas é o cabeçalho com que o artigo começa

"A Igreja Católica e a Comunhão Anglicana colocaram ontem um ponto final nas disputas teológicas sobre o lugar e a importância de Maria na vida cristã..."

A Igreja Católica e a Comunhão Anglicana colocaram um ponto final...