03 outubro 2005

É a fama...

Hoje o blog recebeu o primeiro de muitos prémios (reparem na humildade). Acabou de ser galardoado com o prestigiado prémio Blogo de Ouro. Quer dizer, na realidade foi mais de prata, visto que fiquei em segundo lugar.

Agora é só esperar pela estatueta, que espero que chegue eventualmente. Ou não? Será que aquelas estatuetas são só a fingir? E os resultados concretos? Quantos votos tive? Será que se eu não tivesse votado no que está em primeiro, e tivesse votado em mim, teria ganho?

Hoje o blogos de ouro, amanhã o mundo...

8 comentários:

Vítor Mácula disse...

Caro Nuno Barreto.

Tomei a liberdade de o linkar.

Um abraço.

Luis Castanheta disse...

Muitos Parabens pela "prata".
Sigamos para a frente, que connosco virá gente.

Nuno Barreto disse...

sem dúvida :)

Vilma disse...

Parabéns Nuno.. e claro que tens toda a razão! Então, e o Globo?? Parabéns e prendas nada?? Ehehe!

Paula disse...

Parabéns, parabéns!
o PRÉMIO foi muito bem atribuído...

Nova Evangelização disse...

Caro Nuno Barreto:

Bem hajas por teres conseguido um honroso 2.º lugar nos Blogos de Ouro/Prata.
Sinceramente, acho que foi muito justo, embora o que me parece seja secundário e pouco relevante.

O mais importante é evangelizarmos sempre, cada vez mais e melhor, em conformidade com a Vontade de Deus, ainda que por caminhos diversos, mas nunca incompatíveis...

Graças a Deus, é muito mais o que nos une, por isso poderemos fazer coisas maravilhosas, segundo a Divina Proviência.

Sauações cristãs e fraternais.

J. Mariano

P.S.: Tal como tenho pedido a alguns colegas de evangelização e/ou apostolado cristão, gostaria que fôssemos mais unidos/desinibidos/amigos, inclusivamente a respeito de nos ligarmos reciprocamente com links (nos repectivos blogues), que a união faz a força, como sabes.
Se até os filhos das trevas fazem isso mesmo, porque não os que lutam por serem filhos da Luz?
Efectivamente, com os Cristãos, de qualquer denominação, nunca deveria haver qualquer preconceito ou calculismo, assim como nunca deveria haver críticas negativas, injustas ou anticristãs...

Pdivulg disse...

Parabéns pelo prémio...

Nuno Barreto disse...

Sim, sem dúvida que o que nos une é muito importante, e não devemos deixar que as pequenas coisas nos separem.