04 outubro 2005

Relacionamento interdenominacional

Na realidade as coisas que separam as várias vertentes cristãs são muito poucas. Na grande maioria são mesmo detalhes. E se é verdade que devido a essas diferenças é mais sábio fazer determinadas coisas em separado, é ainda mais verdade que muitas das coisas fazem sentido serem feitas em conjunto. Principalmente tudo o que tenha a haver com convívio e debate saudável. É verdade que nunca concordaremos em tudo, mas sem dúvida que a nossa experiência cristã será mais emriquecida ao compreendermos porque os outros acreditam no que acreditam. Se respeitarmos a ideia de cada um, e baixarmos um pouco as nossas defesas, veremos que todos temos muito a aprender uns com os outros.

3 comentários:

JOINCANTO disse...

Amén!

Paulo Silva disse...

YES !!!

já imaginaste se tivessemos que concordar em tudo para ter comunhão com os nossos próximos, é que nem haveria casamento! ...

o respeito pelas "variações" do pensamento é muito saudável e se nos concentrarmos na Base de toda a Fé, Cristo, poderemos ter comunhão entre as várias denominações e união em Espírito, oro para que haja maior abertura e que os nossos líderes deitem as barreiras que ainda existem por terra, sejam humildes e queiram ver o nosso Portugal unido em Fé e não dividido nos promenores ...

... já estamos bastante melhores e creio que grandes dias virão.

Paula disse...

Sem dúvida!