02 outubro 2005

Saída Pelágica às Berlengas

Forte de São João BatistaEsta foi uma saída muito boa, em todos os sentidos. Eu nunca tinha ido às Berlengas, por isso ia com a espectativa de ver não só as aves, mas também as ilhas. E foi óptimo porque vimos todas as ilhas bem de perto, inclusivé as Estelas e os Farilhões. É uma viagem que vale muito a pena fazer.

Quanto às aves propriamente ditas, vi 9 espécies novas, mas não consegui fotografar nenhuma (fora um Ganso Patola desfocado e dois falcões peregrinos do tamanho de um alfinete). Assim, a minha lista de espécies vistas passa para 148. Gostei especialmente das Cagarras, pela forma como deslizam junto ao mar. Quase não batem as asas. E gostei também bastante de ver os alcatrazes a mergulhar. Além das aves vimos um coelho, e na viagem de volta vimos um peixe lua.

Novas aves vistas:

Fura-bucho do Mediterrâneo (Puffinus yelkouan)
Alcatraz (Morus bassanus)
Cagarra (Calonectris diomedea)
Alcaide (Stercorarius skua)
Pardela Preta (Puffinus griseus)
Falcão Peregrino (Falco peregrinus)
Galheta (Phalacrocorax aristotelis)
Moleiro do Ártico (Stercorarius pomarinus)
Negrola (Melanitta nigra)

ObservandoCaminhando

Update: Mais fotos

Farol das BerlengasPorto das Berlengas
Gaivotas de Patas Amarelas (Larus cachinnans)

3 comentários:

JOINCANTO disse...

PARABÉNS PELO BLOG (DE OURO)!!!

Nuno Barreto disse...

Obrigado, obrigado. Eu sei que mereço. :)

Formiguinha disse...

Estas saídas são sempre muito enriquecedoras.