04 julho 2005

13 Pontos de Tensão na Igreja Emergente

Hoje o Andrew Jones colocou um artigo excelente sobre as principais diferenças entre a igreja emergente e a igreja tradicional. É uma boa forma de compreender melhor o que é isto da igreja simples.

Gostei especialmente da forma como ele acabou o artigo:

"Vamos agarra-nos ao que é bom. Vamos ser graciosos com aqueles que não vêem o filme todo ou que não entendem as mudanças, sabendo que também não vemos tudo claramente. Jó também não, mas Jó permaneceu sem culpa.

Vamos suportar o sofrimento por causa da retidão, sabendo que o Senhor sofreu debaixo dos líderes religiosos que não conseguiam ver claramente o que Deus queria para o seu povo. E foi ele que enviou os seus seguidores como ovelhas entre lobos.

Existe um corpo, o Corpo de Cristo, e somos todos membros dele. Apenas juntos com eles seremos completos."

5 comentários:

Paula disse...

Qual o porquê do nome Igreja "emergente"?

Nuno Barreto disse...

Emergente (Emergent Church) carrega o significado de um algo que estava submerso, mas que está a emergir, algo novo, algo que se liberta da tradição, algo que surge de algo que já existe.

Na realidade ninguém decidiu que este ia ser o nome, mas o nome acabou por colar. Pessoas começaram a usar esse termo para designar as pessoas que estavam a querer reformar a igreja dos dias de hoje. Principalmente porque os outros nomes que surgiram ao mesmo tempo (líderes jovens, geração x, igreja pós-moderna, etc) eram demasiado específicos a uma geração ou cultura.

Outro termo quase tão popular, é o de Igreja Simples (Simple Church). Normalmente são sinónimos.

Paula disse...

Obrigada Nuno.
Interessante o significado.
Surge de algo que já existe, de uma forma renovada.

TRINITY disse...

REVOLUÇÃO JÁ!!!!!!!!!!!!
25 DE ABRIL SEMPRE!!!!!!!!!!!!!!!

Nuno Barreto disse...

subversiva :)