21 julho 2005

Choque Tecnológico

Apesar do nome infeliz, é disto que a igreja precisa. De se virar para as novas tecnologias. Não como um fim em si mesmo, mas como uma forma de continuar relevante para a nova geração. Se a igreja continua a ignorar as novas tecnologias e as novas gerações como tem feito nos últimos anos, perderá qualquer relevância para a nova geração.

Por estas e por outras é que as igrejas mais antigas estão a mirrar, enquanto que os jovens sentem necessidade de criar algo novo, mais simples, mais relevante à comunidade em que estão inseridos. Graças a Deus esses mesmos jovens não estão a desistir, mas sim a dar o passo de começar algo de novo, algo do zero. É pena é que no processo se perca tanto potencial.

5 comentários:

JOINCANTO disse...

100% de acordo! ;)

Paula disse...

Sim, a igreja precisa de uma revolução!

Nuno Barreto disse...

Ainda bem que a palavra revolução não saiu primeiro da minha boca :)

Paula disse...

Já te estás a descartar... da minha tb n saiu... foi o computador, malandro...

Nuno Barreto disse...

Pois, pois. Ainda me acusam de andar a fomentar uma revolução.