08 julho 2005

Estudo científico sobre blogs

Depois de quase dois meses desde que criei este blog, cheguei a algumas considerações científicas altamente verossímeis:

- As estatísticas são viciantes. Estou a pensar seriamente em montar um grupo VEA (Viciados em Estatísticas Anónimos).
- Se temos um site, criar um blog que tenha um link para lá aumenta o tráfego do site. Desde que eu e o Allan criámos os blogs, o tráfego do Movimento Vida Nova duplicou. E o facto de colocar o link neste post vai de certeza causar mais uns quanto acessos. E pelo menos um deles vai ser de alguém que já viu o site, mas que não resiste a carregar no link.
- As pessoas que usam feeds de RSS não aparecem nas estatísticas. Quantos serão no caso do meu blog?
- Existem pelo menos 18 pessoas tão doentes quanto eu, esse é o número de pessoas que volta ao site diáriamente. Provalvelmente não têm mais nada que fazer. Ou pior ainda, realmente gostam daquilo que escrevo.
- Colocar comentários em outros blogs aumenta o tráfego. No meu caso, para o dobro. Nos dias que não comento nada, o meu síndrome de viciado em estatísticas tem uma recaída.
- As pessoas são raptadas por extra-terrestres durante o fim de semana. É a única explicação possível para ter menos de 1/3 das visitas nesse período.
- São mais as pessoas que vêem assiduamente o blog do que as que comentam.
- Já houve pelo menos uma pessoa que veio ao blog à procura de uma receita de peixe frito, através do google, por causa deste artigo.
- Todas as pessoas que vieram cá através de motores de busca sentiram-se enganadas, porque não encontraram nada do que estavam à procura. Fora aquele que estava à procura de um Picanço Barreteiro, mas mesmo esse é questionável.
- Os períodos de maior tráfego são o início da manhã, a hora de almoço, e a hora de jantar. Imagino que a maioria dos leitores está a ver o blog enquanto come uns jaquinzinhos, ou uma feijoada à transmontana. Como evitam sujar o teclado? Isso leva-me a tentar não colocar piadas, sob o risco de as pessoas encherem os ecrãs com o que estão a comer no momento. Estou a imaginar o Pedro Custódio a comer uma chamuça, e começar a rir, e encher o Powebook dele de caril. Uma imagem dessas tira-me a vontade de fazer piadas.

Ainda vou fazer um mestrado com base neste estudo.

update: Acabei de resolver um mistério. Nas estatísticas, por vezes aparecem pessoas que vieram de determinados blogs, mas quando vou lá, não há um link para mim. Descobri como isso acontece. Se alguém está num blog, e carrega no botão "next blog" no topo superior direito, e vem ter ao meu blog, fica registado como tendo vindo de lá. Este facto pode alterar imensamente as minhas conclusões.

7 comentários:

Pdivulg disse...

Estudo bastante interessante! Concordo contigo isto é um vício...

JOINCANTO disse...

EHEHEHEHEH
Chamo-me Jorge e sou viciado no teu blog!

Nuno Barreto disse...

Digam todos: Olá Jorge :)

Allan Jost disse...

Todo este preocupação com números, pa!... (como é que tu tens mais do que eu). aaaah... Chamo-me Allan também sou viciado no teu blog...
P.S. Olá Jorge...

JOINCANTO disse...

:))))
Olá Allan!

Vilma disse...

Bem...demais este post! Não pude deixar de soltar uma boa gargalhada! Em especial os raptos aos fins de semana...conclusão: o pessoal no trabalho anda a blogaaarrr!!!
Demais, Nuno!

Vilma disse...

Ah...e olá Jorge! LOL...